METODOLOGIAS DE ENSINO E FORMAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE

Click here to load reader

  • date post

    04-Jan-2017
  • Category

    Documents

  • view

    217
  • download

    4

Embed Size (px)

Transcript of METODOLOGIAS DE ENSINO E FORMAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE

  • 2015

    Rev. CEFAC. 2014 Nov-Dez; 16(6):2015-2028

    METODOLOGIAS DE ENSINO E FORMAO NA REA DA SADE: REVISO DE LITERATURA

    Methods of health education and training: Literature review

    Carolina de Castro Barbosa Mello(1), Renato Oliveira Alves(1), Stela Maris Aguiar Lemos(1)

    RESUMO

    A Educao em Sade no Ensino Superior tem sido objeto de muitos debates acerca da formao profissional em sade. Portanto, h a discusso eminente acerca da utilizao de novas metodo-logias de ensino a fim de formar profissionais em sade, com habilidades e competncias alm do domnio tcnico-cientfico, que sejam capazes de criar, planejar, implementar e avaliar polticas e aes em sade para a populao e, ao mesmo tempo, solucionar problemas. Para isso, metodo-logias ativas de aprendizagem, como a Aprendizagem Baseada em Problemas, so utilizadas com o propsito de que estudantes da rea da sade adquiram o conhecimento de forma significativa e no meramente mecnica, como o ensino tradicional h muitos anos perpetra. Esse estudo tem como objetivo analisar a produo cientfica nacional e internacional acerca dos temas Educao em Sade, Aprendizagem Baseada em Problemas e Aprendizagem Significativa dos ltimos cinco anos. A maior parte dos estudos evidencia efeitos positivos com a aplicao de novas estratgias de ensino e ainda, corrobora a necessidade de mudanas na educao em sade no ensino superior. Alm disso, a maioria das publicaes se encontram no perodo de 2007 a 2009 e tem como eixo temtico a Aprendizagem Baseada em Problemas.

    DESCRITORES: Aprendizagem Baseada em Problemas; Educao em Sade; Sade Pblica; Aprendizagem; Fonoaudiologia

    (1) Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, Belo Hori-zonte, MG, Brasil.

    Fonte de Auxlio: Bolsa do Programa Especial da Graduao concedida pela Pr-Reitoria de Graduao Universidade Fede-ral de Minas GeraisConflito de interesses: inexistente

    aspectos de interesse e relevncia social, seja por meio da prpria rea da sade, seja integrando-o a outros setores governamentais1,2.

    Diante dessa premissa, as instituies acad-micas da rea de sade precisam buscar novas estratgias a fim de que a formao profissional dos egressos seja adequada conformidade do sistema de sade, garantindo a qualidade assistencial populao. Portanto, o profissional em sade deve ser capaz de criar, planejar, implementar e avaliar polticas e aes que visem o bem estar geral de determinada comunidade, alm de possuir habili-dades que possam transformar a prtica tcnica em subsdios para fornecer acolhimento e prestar cuidados aos vrios aspectos de necessidade em sade das pessoas2.

    Essas habilidades cabveis ao profissional em sade deveriam ser construdas ao longo da graduao, de forma que o sujeito egresso j consiga abranger suas competncias para alm do domnio tcnico-cientfico e permita que o contedo apreendido seja transmitido e incorporado pelos

    INTRODUO

    H alguns anos, vrios debates acerca da Educao em Sade no ensino superior e a necessidade de formar profissionais que estejam em consonncia com os princpios preconizados pelo Sistema nico de Sade (SUS)1, se fazem presentes nas instituies de ensino e na esfera governamental da Sade. Dessa forma, o Ministrio da Sade tem investido esforos para integrar as polticas pblicas aos servios de sade, buscando tambm relacionar a prtica na graduao com a assistncia prestada populao. Alm disso, o profissional inserido na rea de Sade Pblica deve abranger seu conhecimento alm do domnio tcnico-cientfico da profisso, para todos os

  • 2016 Mello CCB, Alves RO, Lemos SMA

    Rev. CEFAC. 2014 Nov-Dez; 16(6):2015-2028

    Baseada em Problemas e Aprendizagem Significativa dos ltimos cinco anos.

    MTODOS

    Trata-se de reviso de literatura sistemtica8 realizada em duas etapas: as buscas dos artigos, que se iniciaram em Janeiro de 2012 e se esten-deram at Abril do mesmo ano e a seleo das publicaes, segundo os critrios de incluso e excluso.

    A primeira etapa foi iniciada com a seleo dos descritores, definidos de acordo com a lista DeCS, os quais foram Problem-Based Learning e Health Education, bem como os mesmos associados ao descritor Speech, Language and Hearing Sciences. Ainda, foi utilizada a palavra-chave Meaningful Learning, que no estava catalogada na lista DeCS, para aumentar a especificidade dos artigos que fossem encontrados. As referncias bibliogrficas das publicaes, tambm foram anali-sadas a fim de se incorporar novos estudos que no estivessem nos resultados das buscas.

    Dessa forma, definiram-se os bancos de dados utilizados no estudo, a saber: LILACS, MEDLINE e IBECS, acessados por meio do Portal Bireme.

    Na segunda etapa, foram includas publicaes do tipo artigo com textos completos,nos idiomas portugus ou ingles com sujeitos do genero masculino e feminino, compreendidos no perodo de 2007 a 2012, cujo tema principal correspon-desse ao descritor ou palavra-chave utilizada. Foram excludos os artigos que no pertenciam rea da Sade e que, aps anlise criteriosa, no atendessem demanda bibliogrfica deste estudo.

    Segundo os critrios de incluso adotados foram encontrados 277 artigos, dos quais, 66 artigos pertenciam ao descritor Problem-Based Learning, 195 Health Education e 16 palavra--chave Meaningful Learning. Quando estes descritores foram associados a Speech, Language and Hearing Sciences, apenas a associao com o descritor Health Education apresentou dois artigos resultantes.

    Aps leitura criteriosa das publicaes, 245 artigos no foram utilizados devido aos critrios de excluso.

    Dessa forma, 32 artigos foram utilizados e anali-sados no presente estudo (Figura 1).

    cidados, numa constante situao de empodera-mento da populao3.

    Para aquisio de tais habilidades e compe-tncias, as metodologias ativas de aprendizagem so pertinentes para incitar o processo de ensino--aprendizagem de estudantes, nas quais o discente assume o papel de instituidor de seu conhecimento e no somente receptor de informaes, como h muito tempo o ensino tradicional preconiza4. Dentre essas metodologias, se destaca a chamada Aprendizagem Baseada em Problemas (Problem-Based Learning PBL), que se configura como um mtodo aplicvel a partir de uma situao-problema, na qual o estudante ir utilizar conhecimentos pr adquiridos para refletir sobre essa situao e, ao mesmo tempo, agregar novas informaes quelas j existentes5.

    Dessa forma, por meio desse processo no qual o sujeito construtor de seu conhecimento, o estudante se torna capaz de adquirir as habilidades supracitadas, to necessrias atualmente no que se refere prtica em sade6.

    Entretanto, apenas a aplicao de novas estra-tgias de ensino no garante que o estudante realmente aprender o novo contedo. Para que isso acontea so necessrias duas condies: disposio para aprender e que o contedo abordado seja interessante e significante. Assim, quando um sujeito adquire, incorpora e, ao mesmo tempo, transforma um novo conhecimento, alm de adquirir habilidades e competncias antes no existentes, h o processo de Aprendizagem Significativa, no qual o estudante armazena o novo contedo e ainda, produz novos significados relacionados e permite a construo de atitudes profissionais desejveis6,7.

    Deste modo, a metodologia ativa, conhecida como Aprendizagem Baseada em Problemas (Problem-Based Learning) se constitui como meio para que os estudantes adquiram conhecimentos de forma significativa. Tais processos se configuram como estratgias no ensino superior para melhorar a qualidade da Educao em Sade e, indiretamente, melhorar a assistncia em sade populao.

    Diante do exposto e com o propsito de aprofundar os contedos sobre as reflexes e mudanas sobre a formao acadmica em sade, o presente estudo tem como objetivo analisar a produo cientfica nacional e internacional acerca dos temas Educao em Sade, Aprendizagem

  • Reviso de literatura sistemtica 2017

    Rev. CEFAC. 2014 Nov-Dez; 16(6):2015-2028

    Figura 1 - Descrio das etapas de busca e seleo dos estudos

  • 2018 Mello CCB, Alves RO, Lemos SMA

    Rev. CEFAC. 2014 Nov-Dez; 16(6):2015-2028

    visa aproximar o aluno de graduao prtica profissional que ir exercer. Alm disso, essa metodologia tem demonstrado ser uma abordagem instrucional capaz de promover a construo de conhecimentos pelo prprio sujeito e ainda, deter-minar que o estudante adquira habilidades crticas e analticas e atitudes profissionais almejveis9,10. Diante dessa prerrogativa, os cursos de graduao da rea da Sade tm inserido a PBL como estra-tgia de ensino nos currculos, a fim de capacitar o futuro profissional a criar, implementar, exercer e avaliar aes em sade, em detrimento do mtodo de ensino tradicional, que consiste basicamente, na transmisso mecnica de informaes10.

    REVISO DE LITERATURA

    Apresenta-se a seguir a reviso de literatura proposta nesse estudo e, para melhor compreenso do tema, optou-se por separar em temas segundo os descritores utilizados.

    Aprendizagem Baseada em Problemas (Problem-Based Learning PBL)

    A Aprendizagem Baseada em Problemas configura-se como um mtodo de ensino--aprendizagem criado na dcada de sessenta, na Universidade McMaster, no Canad e que

    ESTUDO OBJETIVO MTODOS PRINCIPAIS ACHADOS

    Nunes et al, 20089

    Realizar reviso de literatura acerca do ensino de psiquiatria em relao habilidade de comunicao para se relacionar com o paciente.

    Reviso de literatura integrativa; N: 15 artigos.

    A PBL uma estratgia educativa eficaz em relao ao aprendizado de habilidades e atitudes necessrias na prtica clnica.

    Gomes, Brino, Av, Aquilante, 200910

    Analisar estudos que comparam a utilizao da PBL na formao mdica com o desenvolvimento do currculo tradicional do curso de Medicina.

    Reviso de literatura integrativa; N: 10 artigos.

    Os resultados de desempenho dos cursos com PBL so mais positivos do que os cursos com o cur