CRVIS3R Skateboarding #07

Click here to load reader

  • date post

    31-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    241
  • download

    13

Embed Size (px)

description

CRVIS3R Skateboarding #07

Transcript of CRVIS3R Skateboarding #07

  • | ano 2 | edio 07 |

    Push Race Recife + OveRmeeting 2013 + gs inflamvel + Red Bull lOngBOaRd classic + leOne cReazzO

    ediO esPecial de aniveRsRiO - 1 anOPatti mcgee X viRada esPORtiva 2013 X humBle hiPPieentRevista esPecial: JulianO cassemiRO

  • crvis3r skateboarding

    | ndice

  • Capa: A capa da edio de aniversrio tinha que ter algo dife-rente, impactante e grandioso. Mesmo que no seja necessaria-mente nessa ordem, a foto selecionada para comemorar esse 1 ano de publicao foi antecipada da tour da marca Priority, que ir estampar a prxima edio... Mas essa imagem na rua de acesso do Parque Hpi Hari, no interior de So Paulo com a montanha-russa ao fundo, tinha que ser utilizada agora!

    Raphael Goya - F/S Nose Slide - Foto: Diego Polito.

    Sees:

    10. EditorialWe Love Paper! Comemorem com a gente esse primeiro ano de publicao!

    14. StartVisual tudo!

    18. Lado AColunas, novidades, lanamentos, campeonatos, curiosidades...

    78. Cuide-se!Mantenha-se em forma sobre as rodas

    80. Onde EncontrarNovas lojas a cada edio. Valorize a sua skate/boarshop e adquira sua revista CRVIS3R Skateboarding nesses pontos de distribuio.

    82. Business PlanOs melhores produtos do mercado

    44. Entrevista: Patti McGee Fomos buscar em nossos arquivos e na vida real a primeira mulher a estampar a capa de uma revista de skate, alm da ento maior revista mensal norte-americana andando de skate, e isso tudo nos anos 60! A pioneira Patti McGee ficou famosa por ser capa da revista Life em 1965 e, gentilmente, nos concedeu essa entrevista. Respect!

    48. Virada Esportiva 2013Com certeza, no h no mundo uma maratona esportiva que dure 24 horas como a Virada Esportiva de So Paulo, realizada com inumeros esportes. E o skate sempre tem um peso grande: nessa edio, cobrimos os eventos Skate Run, Skate no Museu, o Fast Slalom Dual Hbrido e o Downhil Team Battle!

    54. Paz, Amor e Longboards O pessoal da revista Concrete Wave nos enviou essa matria especial, na qual praticantes de longboard foram solidrios com as vitmas do tornado que aconteceu na cidade de Moore, em Oklahoma (EUA), devastando mais 13.000 casas e fatalizando 24 pessoas. Mos obra, foram ajudar essas vitmas a retomarem de alguma maneira s suas rotinas... Skate salva!

    60. Entrevista Especial: Juliano Lilica Cassemiro

    incontestvel que Juliano um dos riders com maior expresso no pas e no mundo. Veterano nas ladeiras quando as modalidades eram os primos pobres do skate, ele nunca desistiu - pelo contrrio, trilhou o caminho das ladeiras como ningum no Brasil e abriu caminho para uma carreira internacional. Junto com sua famlia, que transborda o prazer de se aventurar nas ladeiras com a mulher Reine e filho Lucca, tambm pode ser considerado overall por andar em qualquer terreno, um quesito para poucos hoje em dia. Com vocs, a respeitosa carreira de Juliano Lilica Cassemiro... Divirta-se e aprenda!

    Durante o Red Bull Longboard Classic, o tradicional solo do longboard paulista na ladeira do Museu do Ipiranga propor-cionou o que h de melhor em estilo e fluidez. Com pranches de diversos tamanhos, o estilo clssico remete muito prximo ao praticado no classic surf, com manobras alongadas, cur-vas e walkings sobre o board. Adepta h algum tempo desse estilo, Flavia Dian, local na ladeira do Museu, mostra com se faz com estilo e identidade. Foto: Roberto Tatto.

    crvis3r skateboarding

  • Incrvel como parece que foi ontem que a revista CRVIS3R Skateboarding estava sendo lanada no mercado brasileiro, com a responsabilidade e a preocupao de ajudar de algu-ma forma com a consolidao e amadurecimento do skate de ladeira, seja no longboard, downhill slide, downhill speed, slalom, cruiser, etc.

    Nesses aproximados 365 dias que geramos a primeira edio, muitas rodas foram gastas e muitas conquistas foram realizadas - no s pela revista, que implantou informao direta pela distribui-o bimestral nas skate e boardshops do pais, assim como a disponi-bilidade on-line mundial pela web, mas tambm pelas conquistas re-alizadas pelos praticantes, simpatizantes e todos envolvidos direta e indiretamente no segmento. O mercado de skate de ladeira cresceu e vem crescendo de maneira plausvel nesses ltimos anos de norte a sul do pas e, com isso, foi inevitvel a necessidade de uma mdia direcionada em documentar os acontecimentos relevantes e eviden-ciar personalidades importantes, assim como cobrir um campeona-to regional, amador e profissional no Brasil e no mundo, como tam-bm o surgimento de praticantes que despontam no cenrio...

    Particularmente, essa histria de criar uma nova publicao se mistura minha histria pessoal em estar envolvido com o jorna-lismo no skate nos ltimos 30 anos! No me vejo nessas ltimas 3 dcadas sem estar diretamente veiculado a uma revista de skate. Tudo comeou l atrs em 1984, colaborando com um jornal/re-vista chamado Brasil Reprter. Por sinal, a capa desse jornal que estamos reproduzindo aqui ao lado, tem mais uma curiosidade: foi

    Um ano e quase 3 dcadasde jornalismo no skate! POR Fabio bolota

    a primeira capa de uma publicao de skate brasileira com fotos de downhill slide na qual, por sinal, sou eu que vos escrevo essas linhas, executando essa sequncia de um full slide fotografada pelo Hlio Greco! Histrias como essa e fatos como esse, sempre nos guiaram em direcionar o skate da melhor maneira possvel....

    No ano seguinte, em 1985, o Brasil Reprter daria lugar a pri-meira revista brasileira de skate dos anos 80, chamada Overall, edi-tada pela Trip Editora. E por momentos mgicos do destino, eu es-tava l ajudando a criar e desenvolver esse ttulo desde a nmero zero! Foram cinco anos andando de skate profissional e trabalhan-do profissionalmente para o skate at o fechamento da Overall em 1990, sendo que depois de um hiato de 1 ano, estava novamente trabalhando no embrio e nascimento de uma nova revista, chama-da Tribo Skate.... Depois disso, tudo histria!

    Esse rpido resumo de felicidade no jornalismo e editorial voltado para o skate apenas para relatar e evidenciar o nosso DNA! Isso significa entregar para voc leitor, informao de primeira, verdica, honesta e sempre, com embasamento dessa mgica e rica histria do skate no Brasil e no mundo.

    Toda essa experincia e de alguns outros parceiros, que traba-lham direta e indiretamente aqui com a gente, deixa claro que sem-pre estaremos fazendo o nosso melhor, assim como o possvel - e s vezes o impossvel - para manter esses nossos sonhos os mais duradouros possveis... Informar e fomentar!

    Nosso obrigado especial aos colaboradores que esto com a gen-te desde o incio dessa jornada, que sem eles, no teramos esse padro de qualidade. Aos anunciantes, empresas e lojistas que acreditaram nesse projeto, mesmo antes de ser lanado. Tambm, o nosso obrigado a todos que ajudam a manter o skate de maneira verdadeira e honesta. Estaremos por aqui enquanto vocs estive-rem... Feliz aniversrio pra voc e vida longa a CRVIS3R Skateboar-ding! We love paper! Divirta-se!

    A direita, o jornal/revista Brasil Reporter de 1984, com a primeira foto-sequncia de downhill slide publicado na capa de uma publicao no Brasil, com um full slide de Fabio Bolota e fotos de Hlio Greco. Ainda evidenciando o skate de ladeira em publicao dos anos 80, Paulo Coruja foi destaque na capa da revista Overall n 3 em 1986. Em 2003, Srgio Yuppie, na capa da revista Tribo Skate n 88!

    crvIs3r skateboardIng

    | editorial

  • Uma coisa eu aprendi em meus 38 anos de skate e quase 30 anos de atividade jornalstica: os melhores desafios costu-mam aparecer quando menos se espera. Seja fazendo um texto de divulgao, uma cobertura de eventos, uma matria especial ou uma entrevista, ou ainda fotografando as vrias nuan-ces envolvidas no skate... Some a isso tudo a dificuldade em se pro-duzir uma mdia independente em nosso pas, e a necessidade do jornalista estar preparado pro que vier pela frente, e voc ter uma noo de como o trabalho de se editar uma revista muito mais grandioso do que se imagina.

    Na verdade, posso comparar o lanamento da CRVIS3R Skate-boarding a um parto, j que foram precisos 9 meses pra que o pro-jeto tomasse corpo e virasse a primeira edio dessa revista que voc est lendo agora. A gravidez reservou momentos de tenso e incertezas, essas vindas principalmente de pessoas descrentes do sucesso de uma publicao impressa bimestral e gratuita. Pra ser bem sincero, se eu ganhasse uma grana a cada vez que ouvi a frase isso j foi tentado antes e no deu certo, possivelmente no precisaria trabalhar por um bom tempo!

    O beb chamado CRVIS3R nasceu forte, saudvel e causando como toda criana sadia, alis. Algums perguntaram o porqu da chamada de capa, A Diverso Est de Volta, e nossa resposta foi sempre a mesma: levante a bunda da cadeira e preste mais ateno ao que acontece nas ruas. A legio de homens e mulheres de todas as idades voltando a se divertir sobre skates, sem se importarem com alguns cdigos estabelecidos de estilo e moda comuns a ou-tras modalidades, no podia passar sem ter o destaque merecido. O que ns fizemos foi simplesmente unir a fome vontade de comer, divulgando ao grande pblico aquilo que ns, skatistas, sabemos e sentimos em nossas vidas diariamente. Acreditamos num cenrio to efervescente que ficou impossvel de no fazermos nada.

    Mostramos o carteado de cara com a reveladora entrevista do Rei do Downhill Slide, Sergio Yuppie, e mais as cenas de Belm do Par e uma viagem incrvel s reas mais conflituosas de Israel. Em se-guida, celebramos a maior conquista do skate de velocidade brasi-leiro junto com o campeo mundial Douglas Dalua pra logo depois homenagearmos aquelas que so as grandes responsveis pela graa da vida em si, as mulheres que andam de skate. Depois, pega-mos a voz da nova gerao atravs da entrevista do Fernando Yu-ppie e a unimos experincia dos MXK Matuzas Xapa Kents hi